• Facebook Basic Black
  • Preto Ícone Instagram

fulviamolina1@gmail.com

São Paulo | Brasil

Tempo, Espaço: Lugares

Curadoria Marcelo Salles

MACC - Museu de Arte Contemporânea de Campinas "José Pancetti"

Campinas|SP

2015

Capela

A capela anexa ao Hospital Irmãos Penteado, ao lado do MACC, é um lugar de silêncio, recolhimento,  penumbra, onde apenas uma suave luz exterior fitrada pelos vitrais banha um esquife onde repousa a imagem da Nossa Senhora da Boa Morte. A cena é arrebatadora. A Santa repousa, como a meditar, recostada, bela, ainda jovem, vestida com esmêro, no meio da igreja longe do altar, junto às pessoas. 

É um encontro marcante, singular, uma experiência anacrônica, um tempo dos princípios, uma reflexão sobre a morte e a vida. 

A instalação no MACC, na penumbra e no silêncio,  transporta a Santa para o museu. Tem como suporte uma caixa de luz, flutuando sobre o piso, que recebe a luz suave de vitrais circundantes, também eles, imagens transplantadas dos vitrais da capela. Para apreendê-la, há que se andar em volta. De cada ângulo, surge uma nova Santa. A forma não se estabiliza, está em potência, pura inquietação.

A imagem da imagem da Santa no museu  não seria a presença da ausência de uma presença, tal como a morte em nossas vidas?

Mas,  os museus, tal como as capelas, não seriam também lugares de silêncio, penumbra, veneração e quase sacralização?

Afinal, "toda arte é um reflexo da vida. Se não sabemos a finalidade da vida, como é que vamos saber a finalidade da arte? 

É um segredo. " (Manoel de Oliveira, 1908-2015)

Fulvia Molina